Volta às aulas e pandemia: os desafios econômicos das escolas

Entenda quais são os principais desafios enfrentados pelas escolas no pós -pandemia para manter sua sustentabilidade econômica e como aumentar o número de matrículas.



O ano de 2020 foi marcado por inúmeros desafios e a necessidade de reinvenção

do setor de educação. As restrições impostas pela pandemia obrigaram as escolas

a se reinventarem, tanto para continuarem realizando seu propósito (que é

educar), mas também sofrendo para conseguir manter as contas positivas. Por

isso, no post de hoje vamos entender quais são os principais desafios econômicos

das escolas no pós-pandemia.


Volta às aulas e pandemia: é seguro voltar ao formato

presencial?


Obviamente que não há estudos conclusivos sobre o tema: pelo contrário, há

muita polêmica sobre o assunto, principalmente entre as orientações dos

governos (estaduais e municipais), as famílias, os professores, os funcionários e

outros envolvidos.


Porém, a Unesco publicou, em dezembro de 2020, uma revisão de evidências

acerca das aulas presenciais e a transmissão da Covid-19. Neste documento relata-

se que, embora novos dados acerca da relação entre as aulas presenciais e o risco

de transmissão por Covid-19 continuem a surgir, uma revisão das evidências atuais

mostrou que a aula presencial não parece ser a principal causa dos picos de

contágio.


Assim, as crianças dentro das escolas não parecem estar expostas a maiores riscos

de infecção em comparação com períodos em que não estavam, desde que

medidas preventivas e de mitigação sejam implementadas.


Além disso, a publicação também pontua que os funcionários e colaboradores

dentro desses ambientes também não parecem ter maior risco relativo de

contágio do que a população em geral.


A nova escola no pós-pandemia: principais desafios


Neste contexto, as escolas têm muitos desafios logo no início 2021: oferecer um

ambiente seguro para estudantes, professores e funcionários e, desta forma,

conquistarem o apoio de todos para a reabertura. Mas tudo isso com uma

sustentabilidade econômica.


Manter a saúde financeira das escolas foi um grande obstáculo para as escolas em

2020: centenas sucumbiram e tiveram que fechar as suas portas. Aquelas que

conseguiram se reinventar e continuar em funcionamento, certamente começaram o ano tentando encontrar alternativas para manter seus estudantes e,

melhor, atrair novas matrículas. Mas como conquistar esses novos alunos se

muitas famílias ainda optam por diminuir a circulação nas ruas?


É preciso criatividade. E inovação! Para oferecer essa segurança e praticidade é

preciso recorrer à tecnologia: e é isso que o tour virtual 360° oferece. É possível

conhecer a infraestrutura de uma escola de maneira interativa e sem sair de casa.

Ou seja, é uma experiência única que coloca a família na escola. E tudo isso

disponível 24 horas por dia e 7 dias na semana.


Ficou curioso? Quer ver uma demonstração? Basta clicar aqui.


E quer saber mais sobre o tour virtual 360° e a solução ideal para sua escola? Fale

agora mesmo com quem entende do assunto: a Ponto 360 oferece serviços

especializados de tour virtual 360° para escolas.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo